SAMU 192

NOTÍCIAS

19/09/2014

SAMU tem amparo legal para evitar trotes

 A partir do mês de setembro ações de combate ao trote aos casos de emergência médica tem amparo legal, no município de Cascavel/PR. A Lei nº 6.394/2014 sancionada pelo prefeito Edgar Bueno prevê identificar as pessoas que utilizam de trote para acionar o SAMU.

De acordo com secretário executivo do CONSAMU, José Peixoto, constantemente o serviço sofre com trotes e esta lei veio dar amparo contra ações indevidas. "Deslocamentos desnecessários provocam uma sobrecarga no serviço e implicam em atrasos nos atendimentos de real emergência, prejudicando quem realmente precisa".

Os atendentes do SAMU - 192 e o Corpo de Bombeiros - 193 estão anotando o número do telefone de onde procedeu a ligação e em casos enganosos acionam as empresas que prestam serviço de telefonia, para que as elas informem num prazo de trinta dias os dados do proprietário da linha telefônica ou responsável pela utilização indevida dos serviços de urgência e emergência para que seja aplicada a lei.